Home NOTÍCIAS Últimas Notícias Busca por estagiários cresce no início do ano

Busca por estagiários cresce no início do ano

E-mail Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

IEL ParáInício de ano pode ser uma excelente oportunidade para garantir uma vaga de estágio. E as empresas paraenses têm demandado intensa procura por estes estudantes que estão em busca de experiência profissional. As áreas que mais têm demandado estagiários são educação e contabilidade, com oportunidades para Belém e região metropolitana.

A necessidade de substituição de estagiários com fim de contrato e o interesse crescente de empresas por novos talentos, fazem com que a demanda de vagas para este público aumente, sobretudo no começo do ano. Odineia Teixeira, estudante de Serviço Social, já garantiu seu lugar. Depois de passar pelo processo de recrutamento e seleção do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/Pará), se tornou estagiária da ONG Moradia e Cidadania, localizada em Belém. A estudante vê no novo estágio uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho. “Como eu só estudo e ainda não tenho emprego, pretendo me dedicar ao máximo para que, no final desse período, a instituição me contrate. Hoje é um contrato de estágio, mas amanhã, pode ser um contrato de trabalho”, afirma.

As oportunidades são para as mais variadas faixas de idade. Shirley Maria, estudante de pedagogia, por exemplo, aos 51 anos foi aprovada para um estágio no colégio Santo Antônio. Ela acredita que a experiência pode ser aliada no período de estágio. “Hoje, com a idade que tenho, me sinto muito mais preparada e, embora já tenha a experiência dos 51 anos vividos, me sinto com muito mais vontade de aprender. Sinto que nesse estágio vou ampliar ainda mais meu leque de conhecimento”, afirma entusiasmada.

É importante lembrar que estagiários têm direitos garantidos por lei e a manutenção deste estudante na empresa não deve ser tida como uma solução de mão de obra barata, mas como uma oportunidade tanto para o estagiário, que vai poder desenvolver as habilidades e conhecimentos adquiridos em sala de aula, quanto para o empresário, que terá uma aposta promissora para o futuro da empresa.

A CELPA é uma das empresas que investem no estagiário como futuro funcionário. Segundo a psicóloga da Gerência de Gente e Gestão da empresa, Aline Vasconcelos, de 2014 a 2016, a CELPA efetivou 42 estagiários. “A nossa política de recrutamento prioriza a seleção interna. Com isso, o estagiário que tenha quatro meses atuando na área ou um ano na empresa, também tem a oportunidade de pleitear uma vaga de emprego. Acreditamos que ele tem muito a colaborar com o sucesso das nossas metas, pois ele traz soluções inovadoras que otimizam nossos processos”, diz Aline.

Entre as dicas do IEL para uma experiência positiva em programa de estágio estão: mostrar disposição, engajamento, facilidade de comunicação e relacionamento interpessoal. Hoje as empresas priorizam muito mais a questão comportamental, proatividade e o compromisso. Nayana Silva, Analista de RH do IEL Pará, enfatiza que as vagas estão disponíveis e o IEL está pronto para fazer a mediação entre o estudante e a empresa, mas afirma que a conquista pela vaga também depende muito do candidato. Além de estar cadastrado no IEL, ele deve manter o currículo atualizado. "Não basta apenas deixar o currículo. É preciso fazer constante atualização. Qualquer acréscimo de conhecimento, de habilidades na área desejada ou até mesmo alterações de contato ou semestre devem ser atualizadas, pois fazem a diferença na hora de encaminhar o candidato para preencher determinada vaga", afirma Nayana.

Quem está à procura de um estágio, pode acompanhar as vagas disponíveis nas redes sociais do Sistema Fiepa e entregar o currículo no horário das 9h às 17h30 na sede do IEL, na Tv. Quintino Bocaiúva, 1588.

 
Follow us on Twitter

Acesso Rápido

Premio-iel-estagio

Banner-Procem-IEL

banner site-redes

 

Twitter


Mais Acessados

Últimas Notícias