PROCOMPI reúne empresas do setor de confecções

Publicado em 28/04/2017 10:20h

Iel Novidades

633 Visualizações

PROCOMPI reúne empresas do setor de confecções

O Sistema FIEPA, por meio do IEL PARÁ, reuniu no dia 9 de março empresas do segmento de confecções para sensibilização na adesão ao Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias – PROCOMPI, que visa apoiar ações de estímulo ao fortalecimento do setor industrial. O programa é resultado de parceria entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e SEBRAE Nacional e busca a implementação de ações coletivas dentro das indústrias.

No Pará, o PROCOMPI é desenvolvido pelo IEL Pará em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBARE - PA) e tem o apoio do Sindicato das Indústrias de Confecções de Roupas do Estado do Pará (SINDUSROUPA).  A 5ª edição do programa é voltada para o setor de confecções do Estado e tem como objetivo promover a melhoria dos processos produtivos das empresas e aumentar a competitividade do setor de confecções da região metropolitana de Belém.

Durante o evento, o presidente do Sistema Fiepa lembrou que o setor vem ganhando importância, mas necessita se capacitar continuamente para que as empresas sobrevivam em um cenário de mercado cada vez mais exigente. “É de fundamental importância que o setor de confecções esteja cada vez mais unido e que as empresas deste segmento estejam capacitadas para aumentar ainda mais a competitividade no mercado”, enfatizou José Conrado.
A presidente do SINDUSROUPA, Rita Arêas, também reforçou a necessidade de qualificação para empresas. “O mercado externo está de olho no nosso setor de confecções, mas é necessário que estejamos preparados para atender essas demandas”, garante a presidente do sindicato.

Para Daniel Colares Júnior, Diretor Operacional da Korte Certo Confecções e Bordados LTDA, que já participou de outra edição do PROCOMPI, o programa foi de fundamental importância para o sucesso da empresa. “A partir da consultoria, eu identifiquei onde estavam as dificuldades e gargalos, com isso, remodelei meu processo produtivo, reduzi o gastos e otimizei minha produção”.

Daniel está inscrito nesta edição do programa porque deseja se reciclar. “Como o mercado é muito dinâmico, é preciso acompanhar essas mudanças e estar em constante capacitação”. Segundo o diretor da Korte Certo, o que mais lhe atraiu no PROCOMPI foram a escolha do consultor e o acompanhamento constante com o empresariado. “Eles nos oferecem um consultor que fala a língua do pequeno e micro empresário. É uma consultoria específica e customizada para nossa realidade”, afirma Daniel.

Para o Superintendente do IEL e coordenador do PROCOMPI no Pará, Carlos Auad, o encontro foi bastante produtivo. “O evento despertou no grupo o interesse em estimular outras empresas a participarem do programa, pois a gestão e a capacitação, em constante reciclagem, é o caminho certo para o fortalecimento da competitividade e sucesso do setor de confecção”. Afirma Auad.

IEL - Instituto Evaldo Lodi
X