Notícias

Campanha do IEL conscientiza empresas e estagiários sobre direitos e deveres

Campanha do IEL conscientiza empresas e estagiários sobre direitos e deveres

Campanha do IEL conscientiza empresas e estagiários sobre direitos e deveres

Lançada na XV Feira da Indústria do Pará (FIPA), nesta sexta-feira (21), a campanha Estágio Legal do Instituto Euvaldo Lodi (IEL Pará) visa ampliar o conhecimento sobre as regras e normas que regem o trabalho dos estagiários, conscientizando empresas e estudantes sobre direitos e deveres, estabelecidos pela Lei de Estágio (Lei Nº 11.788/2008). 

A lei de estágio é de 2008 e estabelece, entre outros, carga horária de quatro horas para quem está no ensino fundamental e médio e até seis horas no ensino superior. Só a região Norte do Brasil possui mais de 23 mil estagiários em atividade, segundo a Associação Brasileira de Estágios. Na opinião da psicóloga organizacional Nayana Silva, que atua no IEL, a pandemia renovou os olhares sobre as funções que os estagiários podem exercer no cotidiano das empresas. “Hoje, não existe mais aquela ideia ultrapassada de que o estagiário vai tirar xerox, buscar café e só passar um tempo do dia dele ali. Hoje, a empresa não quer um estagiário que esteja de passagem, mas sim alguém que agregue, que traga ideias e que venha com um diferencial”, afirma ela, ao recomendar que os estagiários estejam sempre atentos às novidades do mercado para se manterem atualizados. 

Silva afirma que, apesar de poderem sempre contar com os estagiários, os gestores devem lembrar que o caráter do estágio é, acima de tudo, pedagógico. Isso significa modular as exigências e identificar eventuais necessidades de apoio técnico e comportamental que os estagiários apresentem. “A empresa tem que investir não só na contratação, mas investir tempo, investir em formação e envolver todo o quadro de colaboradores nessa missão de construir um novo profissional. É isso que possibilita o crescimento”, argumenta. 

Como o papel do IEL é integrar centros de conhecimento com a indústria, o superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) no Pará, Carlos Auad, acredita que o trabalho do Instituto seja fundamental para garantir que os estudantes de hoje sejam preparados para o mercado de trabalho para que, no futuro, se tornem profissionais também capazes de apoiar e desenvolver estagiários. “Aqui no Pará, temos empresas muito conscientes e estagiários muito dedicados. Então, a campanha é proativa para evitar problemas como, por exemplo: o estagiário tem direito à redução de carga horária durante o período de prova e muitos não sabem disso, nem mesmo a empresa tem esse conhecimento. Outra situação é que o estágio só pode durar dois anos no mesmo local, mas às vezes deixam passar. Por isso a campanha é importante”, diz ele. 

 

 

 


Compartilhar:
LOCALIZAÇÃO
Tv. Quintino Bocaiúva, 1588 - Nazaré -
66035-190 - Belém/PA
CONTATOS
(91) 4009-4741
mercado@iel-pa.org.br
SIGA O IEL